Onde estão os médicos brasileiros? – 01

Nos consultórios das clínicas populares, por certo, muitos não estão.

<!– /* Font Definitions */ @font-face {font-family:"Cambria Math"; panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:roman; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1107304683 0 0 159 0;} @font-face {font-family:Cambria; panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:roman; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1073741899 0 0 159 0;} @font-face {font-family:Calibri; panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1073750139 0 0 159 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-unhide:no; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; margin-top:0cm; margin-right:0cm; margin-bottom:10.0pt; margin-left:0cm; line-height:105%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Cambria","serif"; mso-ascii-font-family:Cambria; mso-ascii-theme-font:major-latin; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Cambria; mso-hansi-theme-font:major-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:major-bidi; mso-ansi-language:EN-US; mso-fareast-language:EN-US; mso-bidi-language:EN-US;} .MsoChpDefault {mso-style-type:export-only; mso-default-props:yes; mso-ascii-font-family:Cambria; mso-ascii-theme-font:major-latin; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-fareast-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Cambria; mso-hansi-theme-font:major-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:major-bidi; mso-ansi-language:EN-US; mso-fareast-language:EN-US; mso-bidi-language:EN-US;} .MsoPapDefault {mso-style-type:export-only; margin-bottom:10.0pt; line-height:105%;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;}

Essa é a conclusão que chegamos após realização de pesquisa para marcação de consultas médicas, nesses tipos de empresas, em cinco grandes cidades brasileiras. Nessas ocasiões, das 200 tentativas que fizemos de marcação de consultas médicas para o mesmo dia, tivemos respostas positivas para apenas 12 tentativas (06%). Em 52% das vezes só havia possibilidade de atendimentos para 03 ou mais dias e lamentavelmente em 42% dos casos só foi possível marcar uma consulta médica para mais de cinco dias. Houve caso onde só havia a possibilidade de atendimento para mais de 15 dias.  O fato mais triste dessa situação foi saber que eram todas consultas médicas da modalidade particular.

A nossa pesquisa foi distribuída por cinco cidades, sendo: Guarulhos (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Niterói (RJ) e Salvador (BA). Em cada cidade foram feitas 40 ligações telefônicas para clínica populares para marcação de consultas com as cinco principais especialidades médicas (clínica médica, cardiologia, ginecologia, pneumologia e pediatria). No cômputo geral o melhor resultado ficou com ginecologia, onde a média de disponibilidade de atendimento é de 2,2 dias. O pior resultado ficou com cardiologia, com a média 8,7 dias.

Uma coisa que nos chamou a atenção foi a especialidade oftalmologia que teve o desempenho de 1,7 dias. Ou seja, para fazer um exame oftalmológico nessas cidades o cliente não espera mais que 02 dias. Na área de odontologia, a média de atendimento é de 2,2 dias, que teoricamente é muito bom.

A conclusão que tiramos dessa pesquisa demonstra que há um grande hiato entre o que pregam alguns médicos brasileiros, – quanto a falta de clientes nos seus consultórios -, e a busca de atendimento feito pelas pessoas que não encontram esse serviço no sistema público de saúde do Brasil e por isso recorrem as clínica populares.

Nos próximos artigos iremos estratificar essa pesquisa por cidades, especialidades, média / dia de atendimento etc. Por enquanto é bom que se diga que muitos médicos estão perdendo muito dinheiro devido um fator bastante interessante que é o acúmulo de locais distantes de atendimento e, por esse motivo, pulverização dos seus horários e dias de atendimentos. Conseqüentemente tudo isso leva a uma grande perda de receita financeira.

A pesquisa em voga também demonstrou que os médicos que atendem todos os dias nos mesmos lugares têm mais clientela e obviamente melhores resultados financeiros. Já os profissionais que atendem em três ou mais lugares por dia, perdem em média 04 horas/dia somente em trânsito. 

A nossa pesquisa demonstrou que os preços cobrados por consultas médicas em clínicas populares variam de R$ 32,00 a R$ 80,00. O menor preço está em Salvador (BA) e o maior em Brasília (DF).

Anúncios
Esse post foi publicado em cartão de descontos, clínica médica popular, ebook, intercriar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s